PDF

Sala Ambiente Projeto Político Pedagógico e a Organização do Ensino

O Projeto Político-Pedagógico na perspectiva do planejamento participativo

A elaboração, implementação e avaliação do Projeto Político-Pedagógico (Parte 3 de 9)

Elaboração do PPP

1.2.1. Estratégias de Mobilização da Comunidade Escolar para a Construção do PPP

Para mobilizarmos a comunidade escolar no sentido da construção coletiva do PPP é necessário à utilização de um conjunto de ações articuladas entre si, o que significa a necessidade de uma vinculação estreita entre objetivos da mobilização e meios usados para tal fim.

É comum encontrarmos farto material que oferece regras, técnicas para trabalho com grupos, instrumentos para diagnósticos, técnicas de mobilização e de motivação etc., numa pretensa afirmação de que apenas o domínio do “como fazer” pode garantir a eficiência de um processo.

Em sentido contrário, ao pressupor a indissociabilidade entre os meios e os seus fins, e, no caso específico que aqui tratamos, entre as formas de mobilização e as finalidades da mesma, só é possível bem determinarmos nossos meios se tivermos claros seus fins.

Assim, se a finalidade é mobilizar a comunidade escolar para um processo de participação democrática, cujo objetivo é a construção do seu projeto de escola, o “como fazer” essa primeira mobilização deve estar estreitamente vinculado a particularidade de cada segmento da comunidade escolar. Podemos combinar estratégias de cunho mais individual - como carta-convite para participação, com estratégias coletivas, como seminários, palestras etc.

O coletivo de organização da mobilização para a construção do PPP na escola deve procurar planejar sua ação com base em algumas referências:

  • Qual a melhor maneira de mobilizarmos as famílias? Os estudantes? E os “pequenos” estudantes? Os funcionários? E os professores?
  • Qual a melhor forma de comunicação a ser utilizada?
  • Qual conteúdo dessa comunicação?
  • Poderemos usar a mesma estratégia para todos os segmentos da comunidade escolar?
  • Que recursos iremos utilizar? A escola dispõe desses recursos?
  • A campanha de mobilização durará quanto tempo?
  • Envolverá outros segmentos organizados da comunidade do entorno da escola?

Mobilizar, como anteriormente já apresentamos, implica conjugar multiplicidades em torno de um objetivo comum. Implica também a difícil tarefa de negociar, buscar concordâncias. Isso não significa, porém, anular diferenças.

Pode-se facilitar o trabalho de mobilização se este for coordenado por um coletivo - representantes dos professores, de estudantes (grêmio ou colegas indicados), representantes das famílias (Associação de Pais e Mestres).  O Conselho Escolar é importante para responsabilizar ou colaborar na coordenação dessa tarefa.

A presença dos diferentes segmentos da comunidade escolar certamente corrobora as escolhas das melhores estratégias para se chegar a cada um deles.

Algumas estratégias para a Mobilização da comunidade escolar:

  • elaboração de um livreto ou jornal (com imagens, dialogado) sobre o  PPP, sua importância para a escola e a necessidade da participação de todos (pode-se, por exemplo, mobilizar estudantes para a elaboração do mesmo);
  • elaboração de carta-convite, com explicações sobre o PPP;
  • “panfletagem” na escola, mobilizando para um dia de discussões sobre o PPP;
  • estabelecimento de “Dia de Mobilização” para a construção do PPP da escola;
  • promoção de palestras, seminários de troca de experiências com outras unidades escolares que estejam ou já tenham elaborado seu PPP;
  • utilização de meios virtuais para divulgação da mobilização, especialmente entre os estudantes;
  • criação de canais virtuais - espaços de discussão, jornal,voltados para os estudantes;
  • divulgação por meio de jornais comunitários, associação de moradores ou outros espaços comunitários;
  • debates em salas de aula, organização de atividades culturais centradas na discussão sobre a importância da participação, da democracia na escola, da construção do projeto de escola.

Cada escola, de acordo com sua “cultura local” deve definir os caminhos que utilizará para convocar a comunidade escolar para participar da elaboração do seu projeto político-pedagógico.

É importante ainda lembrar que toda mobilização tem uma culminância - nesse caso, a construção do PPP. Assim, a mobilização pode, então, desembocar na elaboração conjunta de um planejamento das ações seguintes, destinadas ao processo propriamente dito de elaboração do PPP, definindo-se também as estratégias necessárias a consecução destas, cronogramas, co­-responsabilidades etc. Significa, então, pensar propostas concretas para atingir o objetivo principal da mobilização: a construção, de modo partilhado, de um projeto de escola.

ATIVIDADE 6 - OBRIGATÓRIA

Sobre a metodologia para construção do PPP, reflita sobre essas questões:
Qual é sua experiência sobre isto? Já experimentou algum trabalho utilizando a metodologia da problematização?

Visite o Fórum “Experiências de PPP”, tópico “Metodologia de Trabalho para a Construção do PPP” e discuta com seus colegas.

Participe!


ATIVIDADE 7 - COMPLEMENTAR

Como mobilizar a comunidade escolar em torno da construção de seu Projeto Político-Pedagógico? Que estratégias são facilitadoras desse processo?

Escreva um pequeno texto sobre isto e compartilhe com seus colegas no Fórum “Experiências de PPP”, tópico “Comunidade escolar X  PPP”.